Equipe Multidiciplinar para Tratamentos de Transtornos Alimentares

Transtorno do Comer Compulsivo

 

Para entender o que é o comer compulsivo é importante esclarecer o que significa compulsão. Compulsões são comportamentos repetitivos em que a pessoa se sente compelida a executar para diminuir ou eliminar a ansiedade. São atos voluntários para aliviar algum desconforto. São comportamentos claramente excessivos.

 

O comer compulsivo é o ato de comer excessivamente, com a sensação de descontrole, com frequência, de forma a tentar eliminar a ansiedade e não sentir a angústia que viria se ela não comesse. A pessoa não consegue frear o comportamento. O Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica integra o grupo dos Transtornos Alimentares junto com a anorexia e a bulimia, com a diferença que acomete mulheres e homens quase que na mesma proporção.

 

Os sintomas do TCAP incluem:

 

  • Comer uma quantidade muito acima do que a maioria das pessoas consumiria num espaço de tempo relativamente curto, por exemplo, duas horas;
  • Ter a sensação de falta de controle durante o episódio de compulsão;
  • Comer bem mais rápido do que o normal;
  • Comer grandes quantidades sem estar com fome;
  • Comer sozinho por se sentir constrangido pela enorme quantidade de alimento;
  • Sentir repulsa por si mesmo, depressão ou culpa depois de comer excessivamente;
  • Apresentar acentuada angústia em relação à compulsão;
  • Ter no mínimo 1 episódio por semana durante 3 meses.

 

Diferentemente da bulimia, no TCAP não existem os métodos purgativos, como uso de laxantes e o ato de provocar vômitos que decorrem da culpa depois de uma compulsão alimentar. É por esta razão que as pessoas com TCAP apresentam sobrepeso ou são obesas. A obesidade é uma consequência do comer compulsivo. Embora o TCAP possa levar à obesidade, é importante esclarecer que nem todo obeso tem a compulsão.

 

Por se tratar de um transtorno que envolve aspectos psicológicos, clínicos e psiquiátricos, seu tratamento é multidisciplinar. Orientação alimentar, psicoterapia e indicação de medicação adequada integram o tratamento.

Top
Faça Contato
Grupo de Apoio

Gostar-se | Grupo de Apoio

 
E-mail

contato@gostar-se.com.br